Time

De volta ao time após cirurgia, Nikão confia na força do Furacão diante do Santos

Créditos: Miguel Locatelli/Site Oficial

A última partida do Atlético Paranaense, contra o Paraná Clube, no domingo (27), marcou o retorno do meia Nikão. O camisa 11 do Furacão não atuava desde o dia 13 de maio [contra o Atlético Mineiro], quando sofreu uma fratura na mão direita.

Após a cirurgia, o jogador atleticano não participou dos compromissos contra Cruzeiro e Fluminense, pela Copa do Brasil e pelo Campeonato Brasileiro. No empate em 0 a 0 com o Paraná Clube, Nikão fez a 14ª partida na temporada.

O meia do Rubro-Negro destaca que se esforçou muito para estar em campo no último fim semana. “Eu quis estar dentro de campo, porque sei da minha responsabilidade e do que represento dentro da equipe”, afirmou.

Titular, Nikão atuou durante os 90 minutos e teve uma das principais chances do time, na segunda etapa. Depois de receber de Lucho González, o camisa 11 chutou para a defesa do goleiro. “Foi um lance muito rápido, uma questão de segundos. O goleiro foi feliz e pegou com a perna”, disse.

O Atlético Paranaense volta aos gramados já nesta quinta-feira (31). Pela oitava rodada do Brasileirão 2018, o Furacão recebe o Santos, às 21h, em casa. Diante da equipe paulista, o jogador rubro-negro confia na recuperação.

“A torcida sabe o quanto ela é importante. Neste momento, precisamos estar todos juntos”, enfatizou. “Temos um jogo difícil contra o Santos e nós precisamos vencer”, concluiu Nikão.