Time

Focado no Furacão, meia Nikão reencontra o Ceará

Créditos: Miguel Locatelli/Site Oficial

O jogo de sábado (31) diante do Ceará, pelo Campeonato Brasileiro, marca um reencontro especial para o meia Nikão. O jogador rubro-negro terá pela frente a última equipe que defendeu antes de uma virada na carreira.

Em 2014, o camisa 11 vestiu a camisa cearense na Série B do Campeonato Brasileiro, emprestado pelo Atlético Mineiro. Também já tinha defendido Vitória [2011], Bahia [2011], Ponte Preta [2012], América Mineiro [2013] e Linense [2014], em pouco tempo como profissional. Em nenhum dos times, conseguiu uma sequência.

Nikão chegou ao CAT do Caju em janeiro de 2015, sob desconfiança. E uma reviravolta na carreira, que parecia improvável, aconteceu no Furacão, após a passagem pelo Nordeste.

“Quando cheguei ao Athletico, depois de passar pelo Ceará, coloquei na cabeça que era a última chance que eu teria. Precisava mudar a minha vida profissional”, conta o meia. “Todo esse esforço e essa dedicação valeram a pena. Eu sempre ficava no máximo um ano em um time e depois saía. Precisava de uma afirmação”, completa.

O jogador passou a ser peça-chave do Furacão, seja em momentos de conquistas ou em fases complicadas da equipe. Levantou as taças do Estadual de 2016 e da Conmebol Sul-Americana de 2018. Com gols, assistências e troféus, retribuiu toda a confiança que foi depositada nele.

Hoje, com 27 anos e em sua quinta temporada no Athletico, é o segundo atleta do atual elenco com mais partidas disputadas pelo Clube, atrás somente do atacante Marcelo. São 207 jogos, com 92 vitórias, 51 empates, 65 derrotas e 23 gols marcados.

Entre os 23 gols, oito foram assinalados em competições da Conmebol. Também do atual elenco, é quem mais vezes balançou as redes nestes torneios.

E Nikão não quer parar por aí. Feliz no Rubro-Negro e focado na sequência do ano, ele mira os objetivos da equipe no restante de 2019.

“O sonho de todo atleta é fazer história. Pela identificação que eu tenho com o Clube, é algo que dinheiro nenhum compra. Sou muito feliz aqui. O meu foco é no Athletico e fazer ainda mais história”, destaca.

Depois do Ceará, às 19h de sábado (31), o Furacão terá pela frente o Grêmio, em duelo decisivo pela semifinal da Copa do Brasil. O jogo está marcado para as 19h de quarta-feira (4). “Esperamos fazer um grande jogo no sábado e ir com tudo na quarta-feira para alcançar os nossos objetivos”, concluiu Nikão.

Comentários

Marco Aurélio Borelli
2 meses

Excluir
Esperamos um nikao concentrado, com o clube e que o TN escale ele na posição dele tbm. Avante furacao