Time

“Foi a coroação de um excelente trabalho de todos”, destaca o goleiro Léo

Créditos: Miguel Locatelli/Site Oficial

Quando Marquinho marcou o gol de empate do Furacão, aos 43 minutos do segundo tempo, o goleiro Léo sabia que a classificação para a final do Campeonato Paranaense podia passar pelas mãos dele. Com o 1 a 1 no placar, a decisão entre Athletico e Coritiba foi para os pênaltis.

Nas primeiras cinco cobranças, empate em 4 a 4, com um pênalti do Coritiba cobrado para fora. Como o Furacão iniciou batendo, a cada pênalti convertido, todas as atenções se voltavam ao goleiro rubro-negro. Até que na oitava cobrança do adversário, Léo pulou no canto esquerdo e defendeu o pênalti de Romércio.

“A expectativa estava grande, ainda mais com tantos pênaltis batidos”, revelou o camisa 1. “O pessoal estava cobrando bem. Tanto o nosso time, quanto o deles. Mas tenho que parabenizar nossos jogadores, pela frieza nos pênaltis. Fico feliz de poder ter ajudado o Athletico a sair vencedor”, revelou Léo.

O Rubro-Negro venceu por 7 a 6 e ficou com o título da Taça Dirceu Krüger. “Eu sabia que tinha que pegar um pênalti para ajudar. Foi isso o que aconteceu. O pessoal do time estava me dando essa oportunidade. E fico agradecido por eles. Consegui ajudar da melhor maneira possível”, completou.

Nesta 2ª Taça, o Furacão terminou a fase classificatória com a melhor campanha. Foram 12 pontos em cinco jogos disputados. Depois, derrotou o Rio Branco e o Coritiba. “Não só na decisão, mas desde o início desta fase, fizemos boas partidas, sempre propondo o jogo. E na final não foi diferente. Isso foi a coroação de um excelente trabalho de todos”, disse.

A final do Campeonato Paranaense será diante do Toledo. O primeiro duelo acontece já neste domingo (14), no Interior do Estado. “Nós vamos comemorar e já pensar na decisão. São 180 minutos para sairmos coroados. Mas vamos manter nossa maneira de atuação, impondo o jogo, para sairmos com mais esse título”, destacou o goleiro.

Por ter a melhor campanha geral do torneio, o Furacão decide o título em casa. O duelo no Estádio Joaquim Américo será no dia 21 de abril. “É importantíssimo decidir em casa. A nossa torcida sempre faz a diferença”, concluiu Léo.