CAP 0
1º T
0'
5 0 PAL
Brasileirão 2019
Rodada 27
Time

“Foi um ponto importante somado aqui no Rio de Janeiro”, valoriza Tiago Nunes

Créditos: Miguel Locatelli/Site Oficial

Depois do título da Copa do Brasil e de toda a comemoração merecida, o Rubro-Negro foi ao Rio de Janeiro (RJ), para enfrentar o Vasco da Gama, neste domingo (22). O que se viu, no entanto, não foi um time “de ressaca”. Mas sim uma equipe comprometida, que empatou em 1 a 1 na casa do adversário, apesar de uma arbitragem polêmica.

“Não treinamos nada. Só comemoramos, fizemos um recreativo de 20 minutos e viemos jogar com o Vasco aqui. Por todo esse contexto, foi uma boa atuação”, disse Tiago Nunes, que valorizou o ponto conquistado. “Pela condição que tivemos nos últimos dias, foi um ponto importante somado aqui no Rio de Janeiro”, acrescentou.

O treinador também comentou sobre o pênalti marcado para o Vasco, depois da revisão no VAR. “Ficamos um pouco chateados, porque acreditamos que o lance foi mal interpretado. Não vimos o braço do Rony abrindo, para que fosse pênalti”, declarou.

O comandante do Rubro-Negro também explicou como foi feita a escolha dos jogadores para a partida. Alguns atletas, como Nikão e Marcelo, não viajaram para o compromisso deste fim de semana.

“A construção foi simples. Questionei os jogadores quem estava em condições de jogo”, disse. “Os que se sentiram à vontade para jogar, vieram. A escolha foi muito simples neste sentido”, completou.

Para Tiago Nunes, o foco agora é assumir a responsabilidade pela conquista da Copa do Brasil e seguir somando pontos no Brasileirão, sem deixar de lado a alegria de jogar.

“O foco principal é que possamos fazer a pontuação necessária para não correr nenhum risco de rebaixamento. A partir daí, buscar outros objetivos na competição. Tentar buscar um G6, por que não?”, projetou. “Além das questões da classificação em si, tem toda a representatividade que adquirimos depois da conquista da Copa do Brasil”, ressaltou.

O próximo jogo pelo Brasileirão será na quinta-feira (26), diante do Fortaleza, às 21h30, no Joaquim Américo. “É jogar de maneira solta, leve, sem ter medo de errar. É isso que tenho pedido aos jogadores”, concluiu Tiago Nunes.

Comentários