Arena

Há cinco anos, as redes do Caldeirão balançaram pela primeira vez na Copa do Mundo

Créditos: Gustavo Oliveira/Site Oficial - Arquivo

Dia 20 de junho de 2014. Há cinco anos, a casa do Athletico Paranaense recebia a sua segunda partida da Copa do Mundo. E pela primeira vez no Mundial, as redes do Joaquim Américo balançaram.

Os três gols da vitória do Equador sobre Honduras, por 2 a 1, levantaram o público de 39.224 torcedores em uma noite fria de sexta-feira.

Mas o triunfo equatoriano não foi fácil. Quem abriu o placar foi o time hondurenho, aos 30’ de jogo, com Carlos Costly.

A resposta do Equador foi rápida. Três minutos depois, Enner Valencia deixou tudo igual no estádio rubro-negro.

A virada veio na segunda etapa, com o mesmo Enner Valencia. Aos 19’, ele aproveitou cobrança de falta e testou para as redes!

Depois do triunfo, o volante Christian Noboa, do Equador e do Dynamo Moscou [Rússia], comentou como o estilo do estádio foi favorável aos equatorianos, que receberam grande apoio das arquibancadas.

“A torcida fica muito próxima e para nós foi importante, porque os equatorianos marcaram presença. A nossa torcida que veio para cá pôde sair contente. Pudemos exercer nosso futebol com bastante pressão e estamos felizes pela partida que fizemos”, destacou.

O Joaquim Américo ainda receberia mais dois jogos pela Copa do Mundo: Espanha x Austrália e Argélia x Rússia. As redes seriam balançadas mais vezes no Caldeirão…

Fotos: Gustavo Oliveira/Site Oficial – Arquivo

Na história: Honduras 1×2 Equador
Copa do Mundo de 2014
Segunda rodada: Grupo E 
Data: 20/06/2014 [sexta-feira]
Horário: 19h
Local: Estádio Joaquim Américo

Árbitro: Benjamin Williams (AUS)
Auxiliares: Matthew Cream (AUS) e Hakan Anaz (AUS)
Público: 39.224

Honduras: Noel Valladares; Brayan Beckeles, Maynor Figueroa, Víctor Bernárzes e Emilio Izaguirre (Juan Garcia); Luis Garrido (Mario Martinez), Jorge Claros, Boniek García (Marvin Chavez) e Roger Espinoza; Jerry Bengston e Carlos Costly.
Técnico: Luis Fernando Suárez
Gol: Carlos Costly, aos 30′ do 1º tempo
Cartões amarelos: Victor Bernárdez e Jerry Bengston

Equador: Alexander Domíguez; Juan Paredes, Jorge Guagua, Frickson Erazo e Walter Ayoví; Oswaldo Minda (Carlos Gruezo), Christian Noboa, Jefferson Montero (Gabriel Achilier) e Antonio Valencia; Felipe Caicedo (Edison Méndez) e Enner Valencia. 
Técnico: Reinaldo Rueda
Gols: Enner Valencia, aos 33′ do 1º tempo e aos 19′ do 2º tempo
Cartões amarelos: Jefferson Montero, Enner Valencia e Antonio Valencia

Comentários