Clube

Jackson, craque do Furacão de 1949, voltou a entrar em campo no Caldeirão

Créditos: Cahuê Miranda/Site Oficial

Uma lenda rubro-negra voltou a entrar no gramado do Estádio Joaquim Américo neste domingo (14). Jackson Nascimento, craque do famoso Furacão de 1949, foi homenageado pelo Athletico Paranaense antes da partida contra o Internacional, pelo Brasileirão.

Aos 95 anos, Jackson entrou em campo ao lado dos bisnetos Gabriela, de seis anos, e Leonardo, de oito. Ele eternizou os pés em um molde.

Depois, acompanhou os jogadores do Furacão durante a execução do hino nacional e do hino do Estado do Paraná. Visivelmente emocionado, o antigo camisa 10 foi ovacionado pelos torcedores, em reconhecimento a uma trajetória de inúmeras conquistas.

“É um sentimento inexplicável e incompreensível. Estamos todos emocionados com todo esse amor. É uma retribuição por tantas vitórias que conquistei pelo Clube. Isso tudo é impagável. Muito obrigado a todos os athleticanos por esse momento”, disse o ídolo.

Com a camisa rubro-negra, Jackson marcou 140 gols, figurando até hoje como um dos maiores artilheiros da história do Clube. Fez parte das equipes que conquistaram o Campeonato Paranaense em 1945 e em 1949, na histórica campanha que rendeu ao time a eterna alcunha de Furacão.

Créditos: Cahuê Miranda/Site Oficial

Comentários

Edivaldo Dantas De Medeiros
3 meses

Excluir
Artilheiros como seu Jackson, têm que ser homenageados sempre afinal, eles são partes da história viva do Furacão!