Vídeos

Não é agora que vamos parar. Vamos juntos!

Comentários

FABIO DE BARROS
2 semanas

Excluir
TORCIDA QUE NÃO COMPARECE Quem disputa, perde ou ganha. No Futebol não se ganha sempre! Contudo, é somente disputando títulos que um clube se torna e se mantém grande. Acho o momento vivido pelo Athlético expecional, mesmo assim estamos nos acostumando com média de público entre 10 e 20 mil pessoas em jogos de série A. É lamentável ver a nossa querida Baixada tão cheia de vazios. Onde estão nossos torcedores para lotar a Arena e incentivar nossos atletas em busca do gol adversário? Não sejamos mesquinhos de somente ir no estádio nos grandes jogos.

Daniel Palhano
2 semanas

Excluir
Fiz um comentário aqui antes do jogo decisivo contra o River, e recomendei que o Athletico usasse todas as possibilidades e recursos pra ganhar o jogo, e um desses recursos seria a "cera", até porque, eu já havia percebido que em alguns jogos anteriores o Athletico estava levando gols no final dos jogos. Enfim, esqueceram de fazer "cera" (cair em campo, goleiro cair na área, ou se seja, parar o jogo). Não usaram essa estratégia tão usada pelos argentinos. Tomamos gols bobos aos 45 e 49 do segundo tempo. Impressionante a falta de estratégia por parte dos brasileiros nessas horas. Outra coisa: Acho que está na hora dos jogadores e comissão técnica pararem de bajular adversários e ficarem no discurso de que "colocamos o clube num outro patamar". Esse tipo de discurso (vanglória), só se faz quando o atleta sai do clube (ex: o Pablo e o Raphael Veiga podem falar isso). Mas estando no Athletico e ficar toda hora nesse discurso soa enfraquecimento nos campeonatos em que estão disputando. É psicológico! Dizer algo sobre mérito de 2018 num momento em que estamos disputando vários campeonatos em 2019. Não dá, né? Vamos esperar o ano acabar, contabilizar os resultados e aí sim, fazer um discurso pra mostrar as conquistas. Jamais um soldado na guerra deve dizer que está acima ou conquistou um patamar elevado lutando. A desconcentração vem e a morte chega (se vangloriando). Tudo tem o seu tempo! Que o clube, a comissão técnica e os jogadores deixem esse discurso de "novo patamar" de lado e com responsabilidade e respeito para com o futebol (sem subestimar ninguém), tenhamos foco e concentração total nos jogos (um por um). Esses jogos do Athletico serão decididos nos detalhes, e qualquer pensamento "fora da casinha" poderá decretar uma derrota ou desclassifição. É preciso aconselhar aos jogadores isso: FOCO!

Osmar França Alces
2 semanas

Excluir
Acho que precisamos de banco: Jogo de ontem, ficou claro que precisamos de zagueiros, sem Tiago Helen o sucumbiu. Precisamos de meio campo, reserva ou alguém novo a altura para entrar no lugar do Luchio Gonzáles, ontem tb ficou claro, quando ele saiu, perdemos o meio campo. Ataque tb não tem feito gols, e venham os o Cirino mas perde gols do que faz.

Terence Kendrik Navarro Rodrigues
2 semanas

Excluir
Percebi também a narração de outra rádio. Em uma época que lutamos e defendemos nossas coisas, qual o motivo de não ter a narração da Rádio CAP? Precisamos valorizar o brilhante trablho que fazem divulgando o nosso Athletico!

Ronei Basso
2 semanas

Excluir
Gostaria de saber porque o audio do material é feito com narradores de uma rádio que costuma criticar indevidamente o Athletico e Mário Celso Petraglia em detrimento da rádio CAP, que como athleticano escuto diariamente e divulgo em todos os grupos do qual participo. Gostaria de uma resposta, aqui ou em modo pessoal. Eu só queria entender.