Time

“Quero retribuir a ajuda que o Athletico me deu”, afirma o meio-campo Marquinho

Créditos: Mauricio Mano/Site Oficial

O meio-campo Marquinho chegou ao Athletico Paranaense no início de setembro do ano passado. No CAT Alfredo Gottardi, o jogador finalizou a recuperação de uma cirurgia no joelho e iniciou os treinos com o time rubro-negro.

Em 2019, Marquinho vive a expectativa de voltar aos gramados em partidas oficiais. O meia, que tem passagens por equipes como Roma, Udinese, Al-Ittihad, Al-Ahli, Palmeiras e Fluminense, integra a equipe de Aspirantes, que se prepara para a disputa do Campeonato Paranaense.

“Estou muito feliz com essa oportunidade de poder jogar e fazer o que eu gosto. Na reta final do ano passado, pude voltar aos treinos e fiquei com aquele gosto de jogar. Então, a motivação para vestir a camisa do Athletico é muito grande”, revelou o jogador.

Completando quatro meses da chegada ao Furacão, Marquinho expôs o carinho pelo CAP. “O Clube todo sempre me deixou envolvido no processo. Na premiação da Conmebol Sul-Americana, o pessoal ‘me arrastou’ até para pegar medalha. Só tenho a agradecer e quero retribuir a ajuda que o Athletico me deu nesse momento difícil para mim”, disse.

Aos 32 anos, Marquinho será um dos jogadores experientes da equipe na disputa do Estadual. “O grupo não dá trabalho. O pessoal é muito bacana e está motivado. O Rafael [Guanaes] também está muito motivado. Quando o comandante está assim, não tem como o restante da equipe não estar. Quero estar 100% para ajudar”, revelou.

No Campeonato Paranaense do ano passado, o Furacão ficou com o título após uma campanha irretocável. Conquista que Marquinho quer repetir em 2019.

“Precisamos ter o objetivo. Ganhamos no ano passado e temos que ganhar novamente. Essa é a mentalidade para esse ano, ainda mais depois do Clube ter vencido uma competição tão importante quanto a Sul-Americana. Temos que honrar essa camisa”, finalizou.

Comentários

Jhonatam Moro
9 meses

Excluir
Tomara que vá bem boa sorte